Mulher adota, sem saber, cadelinha que teve que dar quando era adolescente

Quando tinha 14 anos de idade, Nicole Grimes, que vive na Pensilvânia, Estados Unidos, escolheu uma cadelinha em um abrigo para dar para a sua avó. Porém, certo tempo depois ela teve que doar o animal por decisão de seu pai.

O homem arrumou um emprego onde podia trabalhar de casa, mas achava que o animal era uma grande distração para ele. Triste, a menina teve que acatar a decisão do pai e entregou a cadela para a Washington Area Humane Society, abrigo animal que dá abrigo e encontra novos lares para os pets.

mulher-adota-sem-saber-cadelinha-que-teve-que-dar-quando-era-adolescente-pdd3“Meu pai me pegou na escola e Chloe estava no carro. Eu sabia que aquele dia estava chegando porque ele havia dito que precisávamos fazer isso. Lembro-me de que eu estava tão triste e meu estômago estava nervoso levando-a para lá naquele dia”, contou Nicole se lembrando do dia em que teve que doar seu animal de estimação tão querido.

Nicole nunca se esqueceu de sua amada cadelinha Chloe e, sete anos depois, quando teve a oportunidade, adotou uma nova cadela. O que Nicole não sabia é que não se tratava de um novo animal, ela estava adotando o mesmo pet que um dia teve que doar.

A união aconteceu graças ao Facebook, onde ela viu a publicação de um amigo procurando por alguém para adotar uma cadelinha já mais velha que ele estava doando. Nicole ficou tocada pelo fato de o animal parecer fisicamente com Chloe e decidiu adotar a cadela.

Ao levar a cadela para casa, Nicole ficou ainda mais impressionada com o tanto que o o animal se parecia com Chloe, inclusive no jeito. Quando a cadela agiu como se já conhecesse Nicole, a mulher decidiu levar o pet a uma clínica veterinária para verificar se ela tinha algum microchip de identificação.

mulher-adota-sem-saber-cadelinha-que-teve-que-dar-quando-era-adolescente-pdd1A tutora ficou surpresa quando o número do microchip bateu com a identificação que foi colocada em Chloe quando ela viveu com a sua família pela primeira vez.

“Eu senti como se eu ganhasse na loteria. Esse foi um dos momentos mais emocionantes da minha vida. Eu nunca pensei em vê-la novamente”, disse Nicole.

Apesar de ter perdido alguns dentes e ter mais pelos grisalhos, Chloe, agora com 11 anos, continua com o mesmo espírito amoroso de quando era bem mais nova.

 

 

Fonte: People / Portal do Dog