Cachorro corajoso alerta sua família sobre incêndio

Todo mundo estava dormindo, até que Hank, o Golden Retriever, começou a latir sem parar, e ninguém sabia o porquê. Como ele não parava, Ulysses resolveu ver o que estava acontecendo, e descobriu que os latidos significavam que seu pet era um cachorro corajoso.

Tudo começou em uma noite chuvosa, quando Ulysses estava assistindo a um filme, e o resto da família dormindo em sono profundo. Quando se levantou para ver do que o animal de estimação da família estava reclamando, ele percebeu que o jardim inteiro estava laranja, já sendo engolido pelas chamas. Se não fosse a atitude do cachorro corajoso , que em vez de fugir preferiu ficar e alertar os donos, a família seria pega de surpresa.

Em pânico, Ulysses correu para acordar sua família e os vizinhos, e retirar todo mundo da área. A história foi compartilhada por ele em seu Twitter pessoal, começando com uma foto de quando Hank ainda era apenas um filhote que gostava de comer sapatos. “Ah, Hank. Esse cachorro salvou todo mundo”, contou.

58sqyh5gm7celb2rpvi9jyh26

O jardim não pegou fogo à toa. “Nós temos um galpão de madeira cheio de tinta, gasolina, e outros materiais. Só Deus sabe o que mais pegou fogo lá dentro”, revela. Tudo estava queimando, os carvalhos, as folhas, e logo o jardim inteiro, até que o fogo se espalhou para a casa de seu vizinho.

A sorte foi que, por causa do cachorro, todo mundo pode sair em segurança de suas casas e chamar os bombeiros antes que o estrago fosse maior. “Agora Hank pode comer todos os sapatos e bifes que ele quiser. Nós teríamos morrido se não fosse por ele e seus latidos incessantes”, finaliza.

As famílias estão seguras e as casas também. Segundo Ulysses, por fora uma parte da residência ainda está preta por causa das cinzas, mas por dentro está tudo intacto. Se não fosse o  cachorro corajoso , provavelmente a história não teria um final tão feliz. Muitos dos internautas acharam incrível a reação do animal, mas outros reclamaram falando da importância de detectores de fumaça em casa.

Fonte: Canal do Pet – iG