Cãozinho criado junto com gatos adquire mesmo comportamento de felinos e impressiona

A norte-americana Bethany Castiller decidiu adotar um cachorro para fazer companhia aos gatos da família, Pecan e Gizmo.

Ela foi até um abrigo e, dentre as dezenas de cães disponíveis, acabou se apaixonando por Mako.“Costumo brincar dizendo que não o escolhi, ele me escolheu”, diz Bethany.

“Quando fui ao abrigo, ele estava de costas para a grade, então comecei a acariciá-lo e ele olhou por cima do ombro e fez contato direto com os meus olhos e simplesmente me apaixonei pelo seu rostinho”, relata a mulher.

650x0_1594652116_5f0c75d41e6eb

A família esperava adotar um cão que se desse bem com os gatos de casa. O abrigo garantiu a eles que Mako se dava muito bem com felinos – e eles rapidamente perceberam que provavelmente era porque Mako acha que ele mesmo é um gato!

650x0_1594652121_5f0c75d9e0646

Certo dia, quando Bethany pegou Mako subindo em cima dos móveis de casa, achou um pouco estranho – mas não demorou muito para ela e sua família aceitar a personalidade ‘gatínea’ do cachorrinho.

Mako é obcecado por seus irmãos felinos e adora sair com eles sempre que pode, e sua família não pode deixar de rir sempre que entra na sala e encontra Mako em cima de alguma coisa alta, como se fizesse parte da ‘gangue’.

650x0_1594652121_5f0c75d9b78e5

“Ele também gosta de deitar nas mesas com meus gatos e olhar pela janela os pássaros com eles. Quando vê um dos meus gatos deitado de costas para uma massagem na barriga, ele se aproxima e faz a mesma coisa!”, continua a tutora.

650x0_1594652113_5f0c75d11e7ea

“Sempre que Mako vê os meninos nos balcões ou armários, ele pula para se juntar a eles”, disse Bethany. “Ele realmente quer estar perto dos gatos o tempo todo. Se ele não está na sala com um de nós humanos, está com os pequenos”.